Por que viajar para Galápagos em família?

Em algum momento do século XIX, alguns piratas e exploradores começaram a chegar às Ilhas Galápagos. O mais famoso dos visitantes foi Charles Darwin, um naturalista que passou 19 dias estudando a flora e a fauna das ilhas em 1835. Depois disso, Darwin publicou A Origem das Espécies, que introduziu sua teoria da evolução — e as Ilhas Galápagos — para o mundo.

Galápagos se tornou então o primeiro parque nacional do Equador e foi nomeado Patrimônio Mundial da UNESCO. Hoje, recebe mais de 275.000 pessoas todos os anos para ver esses incríveis animais e paisagens com seus próprios olhos. As criaturas que chamam as ilhas de lar, muitas delas encontradas em nenhum outro lugar do mundo, agem como se os humanos não passassem de paparazzi irritantes. 

Lá, é possível fazer você muita coisa: de observar pássaros a escalar um vulcão ativo, de mergulhar com leões-marinhos a andar de caiaque e stand-up paddle. Tudo isso com a companhia dos mais variados e raros animais.

Com tantas pessoas coladas a smartphones e telas por horas a fio, Galápagos oferece uma pausa bem-vinda – as paisagens deslumbrantes e a vida selvagem fascinante, combinadas com guias especializados, acomodações super confortáveis e horas de diversão ao ar livre gastas explorando as ilhas e águas do arquipélago.

Separamos abaixo uma lista com 4 motivos pelos quais viajar para Galápagos em família é uma experiência que todo mundo deve passar ao menos  uma vez na vida.

1. O encontro com a natureza selvagem é diferente de qualquer outro lugar

Ao contrário dos safáris, em que os animais são perigosos e devem ser observados em silêncio, à distância, em Galápagos a vida selvagem transborda por todos os cantos e não oferecem nenhuma ameaça. Você caminha por uma praia e passa por diversos animais, muitos deles que nunca viu na vida, que convivem normalmente com os visitantes.  Esse tipo de contato é único de Galápagos – e difícil imaginar uma experiência melhor para as crianças.

2. Ensina na prática o amor pela natureza

As Ilhas Galápagos inspiram a pensar de maneira diferente sobre o mundo. Visitar o arquipélago e estar tão perto da vida selvagem faz com que crianças desenvolvam ainda mais um sentimento de amor pelo meio ambiente. Além disso, lá elas terão a oportunidade de aprender sobre os animais, sobre a vegetação, sobre os vulcões – tudo isso sem livro didático, apenas vivenciando o cotidiano das ilhas. Isso, por sua vez, incentiva o respeito e preservação da natureza.

3. Há paisagens e atividades para todos os gostos

As ilhas Galápagos são vulcânicas, o que significa que possuem uma variedade de paisagens e microclimas. Há litoral com praias quase que intocadas, dignas de cartão postal, há caminhadas até picos de vulcões, há passeios aquáticos. Em outras palavras, há um ambiente aqui para todos da família.

4. Dá para conhecer Galápagos durante o ano todo

É possível encaixar uma viagem para Galápagos na melhor data pra você. As Ilhas são um destino para conhecer durante o ano, porque o clima é agradável em quase todos os meses e sempre há algo novo e interessante acontecendo na natureza (diferentes estações de acasalamento, nidificação e incubação dos animais).


Como viajar para Galápagos em família?

Ilha Isabela: é a maior ilha do arquipélago e também uma das mais jovens (tem cerca de um milhão de anos). Por isso, sua fauna e flora são distintas das outras ilhas. Isabela é um dos lugares com maior atividade vulcânica do planeta: são cinco vulcões ativos até hoje.

Além disso, lá você pode avistar flamingos cor-de-rosa e marrecas de bochechas brancas, além, é claro, das tartarugas selvagens. A ilha Isabela é lar da maior população de tartarugas selvagens de Galápagos, por isso, é onde fica o centro de criação de tartarugas Charles Darwin.

Ilha San Cristóbal: A cidade de Puerto Baquerizo Moreno, capital da província, carrega a herança de ter sido uma colônia penal e é hoje uma pacata vila costeira, com um pequeno museu de história natural.

É em San Cristóbal que fica a Isla Lobos, lar das principais colônias de leões-marinhos, com os quais é possível praticar snorkel. A ilha também é um ótimo lugar para observar pássaros, como o famoso atobá de patas azuis e as fragatas.

Ilha Santa Cruz: segunda maior ilha de Galápagos é o lar da famosa Estação de Pesquisa Charles Darwin, que abriga um recinto para tartarugas bebês. Lá é também o lugar onde estão belíssimas praias, salinas e manguezais. É onde está o principal aeroporto de Galápagos.

Além dessas três ilhas, há também a ilha de Santa Fé, em que é possível encontrar iguanas que não habitam nenhum outro lugar do planeta.

A decisão mais importante para a sua viagem em família para Galápagos é: você quer ficar em um hotel em uma das três ilhas habitadas, explorando outras ilhas e áreas por meio de passeios de barco de um dia? Ou você quer se hospedar em um barco, que oferece acomodação de luxo e transporte de ilha para ilha?

Do conforto de hotéis de luxo ou cruzeiros de expedição com selo Relais & Chateaux, crianças, adolescentes, adultos e idosos podem descobrir as maravilhas de Galápagos da maneira que escolherem.


Cruzeiros de expedição x hotéis em Galápagos

Para tomar essa decisão, é importante levar em consideração dois pontos: o gerenciamento de tempo e o acesso às ilhas. Se você preferir ficar em terra, hospedado em um hotel, vai gastar um tempo diariamente saindo do hotel, entrando em um barco e voltando para o hotel. Esse problema não existe para aqueles que optam viajar em um cruzeiro, porque os barcos percorrem a distância entre uma ilha e outra durante a noite, de forma que os viajantes acordam em um novo destino, prontos para um dia inteiro de exploração.

Além disso, estar hospedado em um hotel limita a quantidade de ilhas que podem ser visitadas – os viajantes não poderão visitar as ilhas mais distantes incluídas nos itinerários de barco. Por outro lado, se você sofre com enjoos ou odeia a ideia de ficar em um barco por uma semana, a melhor opção é escolher hotéis localizados nas ilhas do Arquipélago.

Abaixo, listamos alguns parceiros CiaEco que recomendamos de olhos fechados para que sua viagem em família, seja em cruzeiro ou em hotel, seja inesquecível.

Cruzeiros de expedição

O espetacular iate La Pinta oferece programas especializados para famílias em determinadas datas, além de quartos conjugados.

O Silversea Expedition é outro cruzeiro de luxo bastante renomado, que oferece explorações diárias de Galápagos, guiadas por especialistas.


Já o MV Galapagos Legend é maior que os outros cruzeiros da região e, por isso, oferece outra estrutura (até mesmo um cantinho para crianças com jogos, livros e filmes para os mais novos, além de uma piscina e muitos espaços ao ar livre para sentar e relaxar).


Hotéis 

Se você quer passar uns dias em terra num dos requintados hotéis do arquipélago, o Galapagos Safari Camp, localizado na ilha de Santa Cruz, é ótimo para crianças, porque possui suítes familiares de três quartos e muitas atividades disponíveis.

O Finch Bay Hotel possui quartos conectados, que são ideais para as famílias, e atividades que vão de nadar com leões-marinhos a uma tarde na piscina, passando por encontros com tartarugas gigantes. Além de tudo, também é uma acomodação que se preocupa com a sustentabilidade e preservação do ambiente ao redor. 

Há também o Pikaia Lodge, localizado na Ilha de Santa Cruz, que possui barco próprio, exclusivo para hóspedes que querem se aventurar tanto em terra quanto por água.

VEJA NOSSOS ROTEIROS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s